Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Embriaga-me, Beldade


Derrama sobre mim todo o teu amor,
Como a àgua que é derramada sobre uma planta sedenta,
Líquido que é composto de um sentimento que fermenta,
E então promoves o meu esplendor.

Anjo do amor, és carícias, és beijos, és consolador,
Querida mulher-sol, mulher-aurora, mulher-flora,
Sei muito bem o que queres: mudar minha história,
Sim, queres que eu mergulhe de cabeça no teu calor.

Veremos... veremos o que o futuro nos intenta,
Nos labirintos da vida o homem é apenas um boneco,
Que, receoso, aguarda o amor que a alma alimenta.

Mulher sedenta, és paraíso divino ou perigosa tormenta?
Mulher mistério, aspiras me levar ao teu hemisfério.
Enfim, queres ser a saudável carne que me sustenta.




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 28/10/2006
Reeditado em 29/10/2006
Código do texto: T275894
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55957 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:55)
Fábio Pacheco