Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A musa do poeta.









A chance da rosa
Numa alvorada faceira
Lutou para descobrir
O mapa do amor
Grafado num pergaminho secreto.

Após a ordem dos astros
Seguia em veredas, versos
Livre de concepção ilusória
Em que todo esse sentimento
Bordava em planos leais
A ascensão do passageiro cais.

A musa sublimava em órbita,
Um segredo ouvia apelos
Na divisão entre o sonho e a realidade,
Todo o corpo pulsava impulsionando
A cada milímetro conquistado
Em busca do amor eterno.

O casamento apaixonado
Tinha três dimensões
E seguiu certo
Um quarto poder.

Na era do tempo
Achado entre o perdido
Fazendo em vida própria
A estrada iluminada
De um outeiro poeta
Que sonhava com a amada
Diferente de todos os mortais
Tendo por sua poesia
A imortalidade.


                                                              Condor Azul.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 28/10/2006
Código do texto: T276069
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26305 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:36)
Condor Azul