Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO PRECISAS DIZER NADA


Deixa que o sol bata nas rochas
e as folhas se transformem
numa cama de verão

Digamos que é para isso
que servem as árvores

Aproxima-te da água
e canta a lira que trazes
sob os cabelos de carvão brilhante

Aponta com o teu dedo fino
onde mora o último sinal de vida
onde reside a esperança
para amanhã

E depois anda tocar nos livros
folhear os poemas de Rilke à sombra
da casa lendo alto os versos mais suaves
para despertar as flores

Não precisas dizer nada meu amor
ainda temos a noite
para construir


José António Gonçalves
(inédito.31.03.04)

JAG
http://members.netmadeira.com/jagoncalves/
JAG
Enviado por JAG em 29/10/2006
Reeditado em 29/10/2006
Código do texto: T276703
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAG
Portugal, 62 anos
117 textos (41779 leituras)
4 áudios (187 audições)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:41)
JAG