Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DECLARAÇÃO DE AMOR

Doce amor de minha alma;
como você é bonito!
Expressão do infinito!
Anelo da minha calma!
Oásis no meu deserto,
farol do meu rumo incerto;
da minha vida és o alento!
Dor da saudade de todo momento!
Quisera Deus, tão somente,
o teu abraço, mansamente...
Quisera, Deus, no inverno,
o teu calor, forte e terno!
Quisera o contato encantado
de um teu beijo apaixonado,
eterno, vasto, e candente,
como o amor de adolescente
que desconhece fronteiras,
e desafronta as barreiras!...
Tua séria irreverência
transcendendo da experiência...
Teu grave olhar de ternura
prescindindo da amargura
num lindo sorriso sem tino
como troça de menino...
Quisera, Deus, tal tesouro!
Tudo mais é só vil desdouro!
Pois és desta minha existência
a razão una da insistência
em ainda crer, como faz a criança,
nos sonhos da minha esperança:
que, em algum certo dia dourado,
estarás, afinal, ao meu lado!...


Com amor,
(sem data)



DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS. PROIBIDA A REPRODUÇÃO, CÓPIA OU PUBLICAÇÃO SEM A AUTORIZAÇÃO EXPRESSA DA AUTORA.

Christina Nunes
Enviado por Christina Nunes em 29/10/2006
Reeditado em 29/10/2006
Código do texto: T276799
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Christina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
569 textos (125863 leituras)
8 e-livros (5720 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:59)
Christina Nunes