Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO CONSEGUE? TENTE!

NÃO CONSEGUE? TENTE!
 
Não consegue me olhar?
Porque?
Achas que lerei você?
 
Com certeza irei ver
o que tens por dentro.
Nunca me enganei com você,
e por isso, você ainda
fica dizendo que
eu tenho culpa?
Você não entende
que entre a gente,
nunca poderia acontecer nada,
somos diferentes,
essências duplicadas.
Absurdo
você achar que me engana,
pois nem sei se você
serve pra minha cama,
ou se vive de palhaçadas.
 
Não sei de fato,
quem é você,
o que quer de mim.
Só sei que absurdos
assim,
em nada alcançam,
pois se enlaçam
e vejo como você é criança.
 
Uma mulher
quando quer,
faz acontecer.
Ao contrário de você,
que tentou burlar
o que de mais bonito
poderia nascer.
 
Por isso
continuará em segredo.
Tudo que sente por mim.
Não foi homem direito,
não fez nada perfeito,
e tirarei você
de dentro do meu peito;
Sem pena e piedade
porque quando se ama de verdade,
tudo pode acontecer;
Sem motivos,
ou hora,
por isso,
volto a lhe dizer,
você mesmo tendo meu sentimento,
nunca me terá por inteira,
pois mesmo tendo sido a primeira
em seu coração, sei
que deixei marcas profundas
e que nunca mais você tirará,
a mim de seu pensamento;
E seu coração ainda,
continuará a sofrer
com lamentos.
Tudo porque você é criança,
para a  mulher que eu sou
em plena confiança e
com todo o sentido da palavra AMOR.
 
Mônica Bynot
17:14 - 18/10/2006
 
Mônica Bynot
Enviado por Mônica Bynot em 30/10/2006
Código do texto: T277114

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônica Bynot
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1493 textos (101119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:19)
Mônica Bynot