Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS EU

O que faz de mim uma pessoa diferente?
Ser carinhosa ou ser valente?
O que faz de mim a pessoa errada?
Ser amante ou ser amada?

Porque é tão difícil agradar as pessoas?
Porque não nos aceitam do jeito que somos?
Será que temem em demasia as nossas forças
Ou simplesmente não nos querem ardorosos?

Cobram tanto transparência
Mas sequer demonstram paciência
Em descobrir a nossa essência
Preferindo achar que tudo não passa de demência

Gosto das coisas claras, transparentes;
Sem usar qualquer subterfúgio
Prefiro a dor da verdade permanente
A alegria efêmera da mentira de um prelúdio

Quero vida com certeza
Sem me preocupar com qualquer sutileza
Não preciso viver na realeza
Só quero olhar e perceber toda a beleza

Não sei se isso me faz pior, ou melhor,
Mas não aprendo agir de outra maneira
Não é que queira ser a melhor
Nem tão pouco ser a primeira

Só quero poder ser eu
Sem que isso cause indignação
Mulher que há muito percebeu
Que o maior dos seus bens está no coração

Um coração por vezes ferido
Mas que jamais foge da luta
Sabe que um dia toda e qualquer ferida cura
E nesse dia no lugar das feridas nascerá um jardim florido
Com as mais variadas flores
De aromas totalmente inebriadores...

LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 30/10/2006
Código do texto: T277236

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:55)
LoucaporPoesia