Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Namoradinha

Quando um poeta desvia seu léxico
Em função de uma alma tão “gotosa”
Sai de poema e vira prosa...
Se derrete: orvalho numa rosa
De felicidade a si mais roga
Fica a rir bobo, feliz, folga
Normal então se a ausência dela incomoda.
Elen eu te amo, minha linda.

Me xingas de todo o zoológico
E te chamo de gatinha
Você,muito irônica, mia!
Oh! minha linda dádivazinha
Deixa eu te colocar apelidos carinhosos
Como fazem todos os namorados?
Fazes do meu mundo mais suportável
Me derreto: Orvalho no teu corpo.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 30/10/2006
Código do texto: T277779

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98494 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:24)
Andrié Silva