Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PAIXÃO

Nesse teu mundo, eu sou a larva que ignoras,
O ínfimo a fitar-te em teus altares,
Eu sou o teu meditar nas tristes horas,
A dor e os arrepios em frente aos mares.

Eu sou a têmpera que tudo te concede,
O orvalho, a flor, e o cheiro dos perfumes,
Eu sou a vida que tens, sou o teu lume,
Sou o extremo que se acata e não se mede.

Sou eu a dor que rompe os nossos elos,
A poesia eu sou quando me entendes,
Dos afoitos pelo amor, sou os anelos.

Sou a jóia que tens e que não vendes,
Sou dos novos o querer, e o amor dos velhos,
Se alguém disser paixão, eu tiro a venda.

31/10/2006-10-31
Geraldo Alatoé

Geraldo_altoe@msn.com
Geraldo Altoé
Enviado por Geraldo Altoé em 01/11/2006
Reeditado em 30/08/2007
Código do texto: T278891
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Geraldo Altoé
Serra - Espírito Santo - Brasil, 60 anos
745 textos (17655 leituras)
1 áudios (12 audições)
2 e-livros (162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:32)
Geraldo Altoé

Site do Escritor