Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ROSA E O ESPELHO

... abaixo do firmamento

... sob a lua em seu terceiro trilhar

... pauso a vida em confuso momento

... e busco rever o meu caminhar

a pouco passos do começo
invisto a alma no horizonte
caminhos inéditos que desconheço
água sagrada de uma nova fonte

no meio do jardim uma única flor
em sua volta lírios a brotar
dentre meio a espinhos e grande dor
uma só rosa vermelha me propõe a lutar

... o sol nasce

o orvalho sobre suas pétalas me faz sorrir
seu nobre destaque leva-me a contemplar
que ao apenas meu coração abrir
pude vê-la, entendê-la e amar

não o amar de versos e poemas
nem aquele que se ouve da boca do sábio

mas sim o que se sente através do pulsar
sim!, não minto minha flor,
centro do meu jardim secreto,
o pulsar muda quando te vejo,
quando te sinto e te desejo

mesmo que seco estivesse ao seu redor
eu ainda enxergaria o jardim

eu enxergo o jardim

quero regar-te todos os dias
com o mais doce e terno afeto
quero podar e te ornar
com a mão de um jardineiro fiel
cortar seus espinhos
e enfim...

te apresentar ao espelho
como a mais bela flor do jardim

assim...
estarei feliz...

quando você...
se ver...
e acreditar...

que tudo que vejo em ti...
é real.
MaxVc
Enviado por MaxVc em 01/11/2006
Código do texto: T279009
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MaxVc
Goiânia - Goiás - Brasil, 35 anos
75 textos (4215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:07)
MaxVc