Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA MÃE MINHA LUZ

MÃE QUE EM MOMENTOS
TÃO ANGUSTIANTES,
SE FAZ PRESENTE,

ME DICIPANDO AQUELE ARDOR, TAL COMO
O ALGODÃO DOCE QUE DERRETE NA BOCA
DEIXANDO EM MIM PAZ ACONCHEGANTE.

MÃE HOJE TE CONTO:
QUANDO EU NA ESCURIDÃO
PERDIDA, SEM DIREÇÃO APARENTE
ME GUIAVA POR SUA VOZ, SUAVE...

MUITAS VEZES O SUSSURO DE TUA VOZ
SE TRANFORMAVA EM BRILHOS
E DIANTE MINHA FACE
DE REPENTE NÃO VIA MAIS ESCURIDÃO!

SAIBA MÃE QUE EM MOMENTOS DIFÍCEIS,
NÃO MAIS COMO ESTES QUE PASSARAM
SIM, POR QUE AQUELES MOMENTOS PASSARAM...

AINDA OUÇO TUA VOZ
EM FORMA DE PALAVRAS QUE HOJE
REFLETEM EM MINHA ALMA
FEITO LUZ DA LUA AO MAR.

MÃE EM DIAS ATUAIS COMO VOCÊ,
SEI QUE NÃO SE PODE TER.
POIS MÃE DE LUZ ASSIM,
NÃO PERTENCE APENAS A UM FILHO!

APENAS AQUELES COM PRIVILÉGIOS
POUCOS,
ASSIM COMO EU.
TE AMO.


De sua florzinha pequenina madura!



Michele Pereira
Enviado por Michele Pereira em 01/11/2006
Código do texto: T279169
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Michele Pereira
Campinas - São Paulo - Brasil, 35 anos
13 textos (3194 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:24)
Michele Pereira