Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUA

Eu a vejo
e o tempo pára.
Se existe poesia,
eis sua corporificação.
Redondos seios,
sol e lua.
Negros cabelos,
rios de um tempo bom.

Púbis, coxas
pés.
Estátua perfeita.
E eu me perco
nas várias vertentes do amor.

Sinto-me mais vivo!
Francisco C
Enviado por Francisco C em 01/11/2006
Reeditado em 07/11/2006
Código do texto: T279355

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25675 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 03:53)
Francisco C