Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ela, a rosa.

Ela; a quem amo,
não é apenas jovem e bela,
ela é linda,
inteligente, companheira...
E é minha.
Ela me pertence, assim como o pouco que sou;
a ela pertence também,
minha alma, meus sentimentos,
minha poesia!
E eu a respiro todos os dias,
encho meus pulmões...
E sobrevivo do amor que nela sinto.
E brilham meus olhos,
quando mentalmente imagino aquele sorriso,
como é bela... Ela assim como a rosas,
que pela manhã desabrocham,
todas as manhãs desabrocha;
no canteiro de minhas emoções
e me sorri em pétalas perfumadas,
as quais eu beijo e banho,
com minhas lagrimas apaixonadas.
Sou teu amante, teu jardineiro!
Ela, a rosa,
de pétalas beijadas,
linda e perfumada,
sabendo-se assim imaginada,
sobrevive bem amada,
no coração deste solteiro.
 

   

SP. 23.08.06  19:43h (made in Improviso)
   
     




 


Sandro Colibri
Enviado por Sandro Colibri em 01/11/2006
Reeditado em 11/08/2011
Código do texto: T279700
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sandro Colibri
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
523 textos (52448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:49)
Sandro Colibri