Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perante Ti...


Sou insignificante. Assemelho-me a um inseto.
Ao invés de um intelectual, sou apenas um semi-analfabeto,
No lugar de meu universo denso, sou tão-somente um deserto,
Sou resto, projeto de gente, sem nexo, um zero impresso,
A tua luz me humilha e abençoa-me, isso é certo.

Sim, semideusa, peranti ti não existe nada em mim,
Sou apenas um micróbio que rasteja pelo teu corpo,
A procura do teu calor, da tua pele da cor de ouro,
Mulher virtuosa, minha casa e monumento potentoso,
Ser amoroso, tens piedade de mim, pois quero a ti.




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 02/11/2006
Código do texto: T279793
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55944 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:03)
Fábio Pacheco