Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não preciso mais de sonhos

Temos nossa própria vida
E por quê não todas as vidas virão próprias?
Por que as coisas inexplicáveis
Estão tão óbvias!
O que me foi prometido por alguém
Você já cumpriu de um modo maravilhoso
Tal, que não preciso mais de sonhos:
Você disse que me ama;
Nunca mais quero acordar.

Temos nossas próprias mortes
Pena eu não poder morrer duas vezes
Pra evitar que o que há de ruim
Se ponha após você nesta terra
Dôo a vida minha que nada vale
Em nome da Paz que com você carrega
Quando e se você dormir
Nós é que vamos acordar
Ver que o sonho se foi, a que mais se viverá?

Tão horríveis são os inimigos
Que, amor, ás vezes são menos malvados
Que seus próprios irmãos
Pois o que tenta-nos a afogar-nos
É a leveza que nos inclina ao vício
Pois o que agora nos trouxera paraíso
Bem em próximo futuro nos será malefício
Precisamos, porém, de por vezes nos afogar.

Quando se afaga se afoga se vicia se namora
Vê-se que o tom do céu faz-se mais aquarela
E perdemo-nos no movimento rápido das horas
E lá se foi quem tanto amávamos
Sacada de jogada na janela
Agora teu cabelo que a cascateava
Se perde pela poeira dos séculos
Por quê até as deusas se vão?

Como é desordenada ordem natural das coisas
As coisas são naturalmente ordenadas
Sob o ponto de vista de quem?
Que se acha certo e se tem como normal?
Normal não é o amor
Pois, se verdadeiro, é estágio superior
E você já me fez feliz de modo maravilhoso
Tal, que não preciso mais de sonhos
Você disse que me ama
Não quero nunca mais acordar.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 02/11/2006
Código do texto: T279832

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98495 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:20)
Andrié Silva