Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor Nunca Morre



01.11.06


O amor tem tantas faces
Tantos tipos, tantas fases
Se o amor fosse um só
Como amar a dois ou mais filhos?
Como amar a pai e mãe?
A vários amigos, irmãos, parentes?

Por que tanto tememos amar,
Se é ele a razão de ser de toda gente?
Como nele não acreditar,
Se faz parte da vida, e é coerente?

Amamos desde que nascemos
E amamos cada vez mais e melhor
Amores adolescentes amadurecem
Amores maduros frutificam
O amor se transforma e modifica
Como tudo na vida, se aprimora,
Nasce, cresce e vivifica.

E não adianta pensar
Que esqueceremos alguém algum dia
Quem amamos fica sempre conosco
O amor entra e pra sempre nos contagia
Basta lembrar apenas dos bons momentos,
De nossos próprios sentimentos, com alegria.

“O amor nunca morre”
Essa é uma frase bíblica
E como tantas, muito sábia
O amor é uma corrente cíclica.

Por isso, quando acaba um relacionamento
Costumamos dizer “adeus”
Entregamos o amor ao Firmamento,
Ao Cosmos, ao Universo,
Devolvemos esse amor “A Deus”!



Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 03/11/2006
Código do texto: T280761

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21457 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:20)
Edilene Barroso