Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O novo...

Que efêmera...
A passagem da gente
Nesta estada vigente,
Com ares de eterna!
Difícil pensar...
Nos desencontros das almas
Com turbulentas façanhas
Que vêm das entranhas
Com disfarces de amar.
Quem dera...
Se o tempo parasse
Uma reflexão...
Se processasse
E um mundo novo
Ressurgisse...
Sem dor,
Corrigido pelo amor!
zaciss
Enviado por zaciss em 03/11/2006
Reeditado em 14/11/2006
Código do texto: T281117

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
zaciss
Lavrinhas - São Paulo - Brasil
236 textos (12911 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:47)
zaciss