Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procuras...

Procuras...

Não adianta procurar
em outros corpos,
o amor que eu não te dei.
Não adianta você procurar
todo o sentimento que sentes por mim,
em outro alguém que não seja eu.
Porque você é meu.

Você é meu,
porque se deu,
por inteiro,
e mesmo sabendo que não poderia
me ter,
tentando me fazer
te dar o que não posso,
burlou,
desfez de mim,
mesmo que eu não te queira,
você continuará sendo meu.

Sabe por quê?
Porque você procurou por isso.
Você fez isso acontecer dentro de si,
tentou fazer nascer dentro de mim,
mas usou de meios ilícitos,
Deus, é complacente,
Faz com que a gente,
Tenha o que merece.
Mesmo que eu te quizesse,
Jamais te daria o que queres,
pois não mereces,
justamente,
pelos meios que usastes,
sem preces, você padece.
Sem pressa,
você merece;
sem querer
você me fez te odiar,
mesmo te querendo.
Jamais terá
o que um dia
poderia ser lindo
pra nós dois.
Porque só por
merecimento,
e também com ternura e carinho,
e muita sinceridade,
eu te daria o amor
que você sente por mim
com todo ardor.
Com muita dor,
sem felicidade,
procura em outra
o que quer de mim,
mas lhe digo
de pureza,
pode ter certeza,
que só com sinceridade,
terá algo de verdade.

Mônica Bynot
Mônica Bynot
Enviado por Mônica Bynot em 04/11/2006
Código do texto: T281875

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônica Bynot
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1493 textos (101096 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:25)
Mônica Bynot