Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO MANTO DA POESIA

*Fanny*

No majestoso manto da poesia bordei os meus sonhos,
secretos encantos, aconchegos do meu coração...
Entrelacei-os com as linhas
felizes do arco-íris da vida,
teci  as ternuras mais bonitas do meu sentir,
emolduradas de estrelas cintilantes...
afagos de lua infinitos.
 E, nas minhas ruas imaginadas de ilusões floridas,
profundas alegrias sorriem...dançam de emoção!

Neste universo sou soberana da fantasia!
Solto ao vento a silente voz dos meus pensamentos,
invento os meus magnânimos castelos de cristal,
fantasio mil personagens, duendes, fadas,
sereias...feiticeiras...reis, rainhas,
príncipes, princesas de outras eras...
e, é na candura da minha memória doirada,
que eu te vislumbro chegar na espiral do tempo!

Levado pelos teus enigmáticos anseios,
vens ao meu encontro, ornamentado de poesia,
vestido de secretas ilusões,
desejos infinitos de amar...
olhos de esperança arraiados de um formoso luar,
brotando pétalas acetinadas de orvalhadas sensações.

Quando me deste o veludo das tuas mãos queridas
e afastaste as tuas ténues ausências...
eu senti e compreendi, afinal,
que aquele toque etéreo de almas,
trazido na brisa das sagradas reminiscências,
existe agora no universo das nossas essências...
É a nossa história real!
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 27/06/2005
Código do texto: T28279

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (6828 leituras)
1 e-livros (100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:07)
Fanny Estrela