Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO DO AMOR!

Acordei com aquele gostinho de quero mais
Ontem não foi o suficiente pra matar tanta vontade
Acho que serão preciso anos rapaz
Pra saciar meus desejos e toda essa ansiedade

Quando falamos em tempo no amor
Ele não tem a mesma dimensão do plano terrestre
O tempo aqui tem a incessante forma de ardor
E nos torna discípulos, nunca mestres.

Que o tempo nos seja benevolente
E que dele saibamos de tudo aproveitar
Que cada segundo se torne um eternamente
Nessa nossa louca história de amar

Quero você hoje, agora, sempre...
Mesmo que o sempre seja até o dia seguinte
O que me importa verdadeiramente
É a maneira como nos entregamos sem limite...

O tempo do amor é assim
Interminável quando estamos à espera
Fugaz quando quero prendê-lo a mim
Vou vivê-lo pelo tempo que a mim for concedido nessa ou em outra estratosfera...


LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 06/11/2006
Código do texto: T283498

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:27)
LoucaporPoesia