Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERDADES DO AMOR

Chegas-te de repente
Te vi, no olhar do outro
Sente sua presença nos lábios dela

Não te queria e disse
Queria apenas a sua ilusão
A parte mas ardente do engano

Volúvel como és, tomas-te outras formas
Como poeira grudou em meu corpo
Assim como sanguessuga, drenou meu sangue

Agora estou aqui, cheio de você
Vulnerável e cego com seu brilho,
Com tudo, radiante e feliz

Tendo medo do amanhã e vivendo o hoje
Conquistando o outro para que nunca vais
Amando e sendo amado.
Hedonico
Enviado por Hedonico em 06/11/2006
Reeditado em 17/08/2009
Código do texto: T283504
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hedonico
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
1049 textos (32102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:56)
Hedonico