Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA A UM AMOR SEM FIM

POEMA A UM AMOR SEM FIM

O teu sorriso está preso nas estrelas,
O teu olhar está refletido num raio de luar.
Eu nada compreendo.  Estou apaixonado,
E não sei a maneira de como te conquistar.

Cruzei o infinito em fantasias,
Perdi noites e dias sem fim
Para aprisionar o teu sorriso e o
Teu olhar somente para mim.

Este meu amor não existe,
Isto é amor de poeta.  Poeta louco...
Mas o que me faz feliz é admirar-te.
Sonhar contigo, te sentir um pouco.

Desça dessa estrela, desse raio de luar,
Invade o meu ser.  Mora em mim.
Vem me amar misteriosa mulher
Rosa formosa do meu singelo jardim.

Quando te vejo.   Já estou vendo a mim.
Ergo as mãos . Tento te alcançar.
Só sinto e percebo o teu carinho.
E depois fico triste ao acordar.

E acordo sozinho.  No meu mundo,
Duvidando da tua existência.
Quem sabe um dia tu virás por esta
Porta, com a tua perfeição e essência.

Tu meu amor! amor de poeta
Virá pra fazer morada e enfeitar
O jardim do meu coração. Aí sim!
O brilho das estrelas, os raios do luar,
E o teu esplendor virão morar em mim.





Elias Pereira
Elias Pereira
Enviado por Elias Pereira em 06/11/2006
Código do texto: T283578
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Elias Pereira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
5 textos (494 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:30)
Elias Pereira