Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA DE AMOR EGOÍSTA

Eu te amo,
porque me amo,
porque quero o melhor para mim,
porque quero estar bem.
Eu te amo,
porque não quero
atirar pérolas aos porcos,
porque tu és merecedora,
és bela e guerreira
e compensas as minhas fraquezas
com uma singela fortaleza.
Eu te amo,
porque me dizes não
quando preciso ouvir um não,
quando quero trocar os pés pelas mãos,
cometer atrozes tolices.
Eu te amo,
porque me dizes sim
quando preciso ouvir um sim,
quando penso em desistir
e pergunto:
devo prosseguir?

Eu te amo,
porque meu corpo
encaixa perfeitamente no teu,
porque teu cheiro de mulher
me arranca do bom senso
e, por muitos minutos,
perco o sentido do mundo.
Eu te amo,
porque teu olhar me diz
o quanto não sei das coisas
e me sinto afogado
em tua sabedoria.
Eu te amo,
porque és a mulher
com quem sou um homem melhor.

Antes de ti, o que havia?
Muitos dias
e nenhum amor.
Antes de ti,
eu não me amava.
Francisco C
Enviado por Francisco C em 06/11/2006
Reeditado em 07/11/2006
Código do texto: T283587

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:29)
Francisco C