Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUERO-TE ASSIM VINDO PRA MIM

Autora: Regilene Rodrigues Neves


Alguém especial
Dono de uma atração fatal

Solte seu menino
Eu minha menina
Na descoberta do amor

Enamorados feito adolescente

Tocar-me afogueando minha pele
Enrubescendo a face tímida do meu olhar
Ao mesmo tempo despindo
Uma mulher sensual cheia de desejos de te amar.

Estancar as feridas de um coração
Aventureiro de amor que outrora
O passado marcou em lagrimas de desventuras...
Dessecar meus medos da solidão
Traçar a confiança de um novo destino
Que paira sobre o nosso encontro

Quero-te assim meu homem menino
Cheio de lânguidas promessas
Lábios molhados de paixão
Vindo para mim sem pressa da chegada
Mas com a certeza da entrega do teu coração!

Tremulo ao tocar pela primeira vez a namorada
Respiração entrecortada de emoção
As mãos perdidas no corpo
Os braços sem jeito de abraçar
Peito adolescente feliz de contente

Quando meu sorriso se abrir para te encantar
Trazendo do meu coração todo amor que quero te dar
Como uma única pessoa a reunir uma multidão em mim
Preenchendo o espaço em branco do meu vazio
Escrevendo um novo capítulo de amor
Nas páginas da vida da nossa história...

Que seja agora venha para mim
Estou aqui com sede deste amor
Para que sacie uma quimera adormecida
Na janela dos sonhos... Entre as nuvens
Quero ao teu lado acordar
Declarar uma poesia que esteve a te procurar
Todo esse tempo sem encontrar
Escrever o teu verso no meu corpo
Declamar num sussurro de prece
Vem amor vem me amar...

Em 06 de novembro de 2006
regipoeta
Enviado por regipoeta em 06/11/2006
Código do texto: T283999

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 54 anos
1312 textos (134325 leituras)
22 e-livros (7176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:44)
regipoeta