Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor ideal

Paixão é loucura, razão é um pacto.
Amor é endêmico, é vício, é trato.
Paixão é agonia, ânsia do prazer.
Razão? Coisa fria, antítese do ser.
Paixão é cigana, o amor é sagaz.
Razão? Passa ao largo; sem guerra, sem mais.

Quem dera fossem um mix!
Modulando... Xeretando onde entrar.
Que oportunamente se aproveitassem
De frestas, de fossos pra nos permear.

Que se entrelaçassem em sua rede una
Trafegando incontinentes todos os canais
Transmutando as fórmulas como numa bruma
Sonhos perenes sentidos reais.

Passeando céleres em frenética busca
A trocarem parceiros, a trocarem de lugar.
Tecendo nirvanas sem mudanças bruscas
Calmamente, surpreendendo o ser e o estar.

Sem, perdas, só ganhos, nada a macular.
Síntese de estranho, aconchego de lar.
Transe coletivo de efetivo bem
Plenitude pasma, harmonia zen.
Edbar
Enviado por Edbar em 07/11/2006
Reeditado em 28/11/2006
Código do texto: T284214
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
2870 textos (82772 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:44)
Edbar