Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insensatez


A tua lembrança é a minha insensatez
Deixei para trás um mundo de feias paredes cinzentas
E parti ao teu encontro
Meus olhos desprezaram as aparências impostas pela razão
E procuraram descanso, agradando ao coração
Nesse momento meus pés perderam o apoio do chão frio
E o meu corpo foi tocado pelas tuas mãos delicadas
Tua pele queimou às  carícias dos meus lábios
Teus olhos gritaram paixão
E arfante o teu corpo estremeceu no meu
Tua boca descansou na minha,
Depositando o teu doce sabor,
Durante a permitida e delicada separação dos nossos corpos,
Te amparei em meus braços
Nossos olhos não se afastaram
Ao meu lado o teu sorriso foi amado
Teu hálito quente era novamente desejado
E um sussurro distante partiu tranqüilo
E os meus olhos não mais se abriram
Juarez Florintino Dias Filho
Enviado por Juarez Florintino Dias Filho em 08/11/2006
Código do texto: T285967
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Juarez Florintino Dias Filho
São Vicente - São Paulo - Brasil, 53 anos
50 textos (1146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:23)
Juarez Florintino Dias Filho