Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESTRANHA ...


A ESTRANHA ...
Nídia Vargas Potsch

A estranha
que habita em mim ...
Recoberta pelo véu da timidez,
conforta qualquer irmão,
acalenta todo coração,
mas não me convida
para um aconchego,
uma única vez.

A estranha
que em mim habita ...
Bem lá no fundo, me parece,
vive bordando sonhos, se dispersa,
carece do doce amparo dos braços teus,
para sossego da sua andarilha afeição,
que procura nova parceria, rimas certas,
pra completar a melodia
vocalizada em seu combalido e triste coração.

A estranha
que habita em mim ...
Não se conforma!
É bem possível que ouse e grite
pro mundo inteiro ouvir:
Sua paixão um dia há de chegar,
colorindo e perfumando seu amar.

A estranha
que em mim habita ...
É capaz de jurar !!!


Nídia Vargas Potsch
@Mensageir@
Rio, 26/09/2006
Nídia Vargas Potsch
Enviado por Nídia Vargas Potsch em 08/11/2006
Código do texto: T286039
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nídia Vargas Potsch
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
293 textos (29559 leituras)
3 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:24)
Nídia Vargas Potsch