Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Como é bom te amar

São doces os caminhos que me levam a ti
Viajo envolvida nas asas da emoção
Aquecida em teus braços tomada pela paixão
Esqueço do mundo
Vivo em ti
Sinto a força do teu olhar
Os sentimentos explodem em meu peito
Violam meus sentidos
Me levam onde eu nunca me pensei chegar
Misturam paixão e loucura
A entrega é plena
Onde as palavras se confundem
Os desejos se misturam
Vibramos no prazer dos corpos que se fundem
Nas caricias trocadas
Nas bocas coladas
Nas linguas entrelaçadas
Em meio a palavras sussurradas
Em mim derramas teu mel
A ti entrego minha essência
Corpos unidos na mesma frenética cadencia
O grito do prazer ecoa no ar
Ah!... Como é bom te ter
Como é bom te amar


ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe, muito longe de ser uma poetisa, sou apenas alguém que sente

Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 09/11/2006
Reeditado em 07/05/2012
Código do texto: T286687

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146139 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:20)
Dama De Negro