Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INTENSO

A luz pálida invade o insano momento...
O quarto é seu confessionário constante...
Mas teme que o sonho fuja
E chegue a quem não deve... distante.

Os pensamentos se entrelaçam com a fumaça
Enquanto o isqueiro cumpre o seu papel e acende outro...
Prisioneiro de suas verdades... escravo de suas mentiras...
“Quando abrir a porta serei um monstro?”

Chega mais um e-mail... mundo virtual...
Seguro,mas frio... insensível.
Os olhos não sentem os olhos
Que gostariam de estar olhando
Nos olhos apaixonados... aqueles olhos.

Contudo, a mensagem é real.
Profundo, sensível... provocante!
A ponto de fazer nascer a coragem de voar
Quebrar as cadeias que seguram e tentar
Não uma outra derrota, mas a vitória a muito guardada...
E deixar de ser o pesadelo esquecido,
E sim, pessoa sempre lembrada... por todos... amada!
Denilson Neves Rampin
Enviado por Denilson Neves Rampin em 10/11/2006
Código do texto: T287228
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denilson Neves Rampin
Várzea Paulista - São Paulo - Brasil, 50 anos
42 textos (684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:18)