Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SINALEIRO DA ESPERANÇA!



             O SINALEIRO DA ESPERANÇA !
                      Nídia Vargas Potsch


          Rejeição!
          Recolhimento do eu,
          num silencio total,
          numa dor surda,
          num prantear solitário,
          do vazio de um coração ...
          Geringonça que fere,
          migalha minguada de desamor,
          magoando fundo,
          esfiapando a alma,
          em toda e qualquer direção.
          Tal e qual um camaleão de muitas cores,
          repleto de novos amores,
          perverso no seu entrelaçar mimético ...

          Rejeição!
          Coração pendente em debandada pro nada.
          Sente-se doente, com a vista velada,
          a procura de uma solução, um caminho
          para se resguardar ... se reerguer ...
          As dificuldades do presente,
          o faz repensar o passado,
          em busca de um outro sentido para viver...
          Quem sabe, nesse ínterim, possa ouvir,
          como o canto de uma cigarra,
          o Sinaleiro da Esperança,
          tocando  harmoniosamente,
          como num leve e breve sussurrar,
          a melodia de um novo e belo amor ...


                    Nídia Vargas Potsch
                        @Mensageir@
                      Rio, 12/06/2004  
Nídia Vargas Potsch
Enviado por Nídia Vargas Potsch em 10/11/2006
Código do texto: T287494
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nídia Vargas Potsch
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
293 textos (29535 leituras)
3 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:58)
Nídia Vargas Potsch