Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tento encontrá-la num canto de mim

Está tudo impregnada de distância
Infinitos estrelares
Estradas que percorro e não chego
Se estou cedo todos já se foram
Se me antecipo todos estão por vir
Risos não vejo. Não sirvo. Não bebo

Perguntaria aos vizinhos
Mas não tenho nenhum ao lado
Percorreria léguas atrás de ti
Mas há uma abismo e uma encruzilhada
Um rio caudaloso entre nossos corpos
Por mais que me faça barco me medro
Perigo! Não nado.
Se grito: o tempo ressoa silenciosamente

Pelo chão repousam só diferenças
Fotografias de sorrisos de ontem
Imagens de beijos
Mãos que não se tocam
Olhares que não mais se trocam

Tudo escorre porta afora do mundo
E por mais que chame de volta
O vento chega antes
Não saio. Espero. Mas ninguém chega
Tento ficar solto só
Mas a solidão acompanha meus passos
Estou entre tantos
No entanto me distancio
Tenho infinitos a percorrer e preencher
Todo dia. Milhares de bíblias a passar a limpo.
Tento encontrar em mim você
Escondida quem sabe em um canto imenso do meu recôndito.
Raul Los Dias
Enviado por Raul Los Dias em 10/11/2006
Reeditado em 10/11/2006
Código do texto: T287839

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raul Los Dias
Argentina
512 textos (75933 leituras)
1 e-livros (178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:10)
Raul Los Dias