Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quatro elementos...

Vou gritar aos quatro ventos
Com os raios que lampejam
Entre nuvens tenebrosas
Anunciando que vem chuva

Vento... Você é minha brisa suave
Seu beijo é como o raio que cai
Ficar sem você é penumbra demais
Vento... Traz de volta meu amor para mim


Vou falar com a água da chuva
Que escoa por entre as ruas
Que percorre por muitos caminhos
Deitando suas águas no mar sem fim

Água... Corra velozmente e o encontre
Nem que precise correr por toda a terra
Nada poderá impedi-la de encontrá-lo
Seja na água dos rios ou dos mares


Vou falar com o fogo que queima
No teu interior constantemente
Que lhe de um recado do meu coração
Que ele te deseja ardentemente junto ao meu

Fogo... Fale para ele todo o amor que sinto
Que são como labaredas que queimam
Que arde meu coração aquecendo-o
Pelo simples pensar em todo amor que guardo


Vou falar junto a terra que gira
Que acaso o encontre o traga para mim
Em qualquer lugar onde estejas
Deste imenso globo que não para de girar

Terra... Não pares de girar nunca até encontrar
O meu amor que perdido está em qualquer lugar
E quando o encontrar gire na minha direção
Para que possamos nos encontrar e nos beijar




ângela lugo
Enviado por ângela lugo em 11/11/2006
Código do texto: T288554

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ângela lugo
São Paulo - São Paulo - Brasil
127 textos (88422 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:51)
ângela lugo