Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓRDIDO PUNHAL

A PONTA DO MEU PUNHAL NÃO É TÃO CRUEL QUANTO MINHAS MÃOS QUE, SORRATEIRAMENTE, O ENCRAVA NO CORAÇÃO. HOJE SUAS DE PRAZER, SUSPIRAS DE DESEJO E ME TOCAS COM AMOR. AMANHÃ TEU SUOR SE TRANSFORMA EM SANGUE, QUE ESCORRE PELO TEU CORPO QUE AGORA SUSPIRA DE DOR. E O AMOR? SURPREENDETEMENTE SOME. ESCORRE PELO BURACO QUE A PONTA DO MEU PUNHAL FEZ NO TEU CORAÇÃO. E A MINHA MÃO CRUEL, JÁ NÃO TOCAS MAIS COM AMOR E DESEJO, MAS SIM AGONIZANDO PEDINDO PERDÃO.
Patrícia Mess
Enviado por Patrícia Mess em 11/11/2006
Reeditado em 24/11/2006
Código do texto: T288598
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Patrícia Mess
Maceió - Alagoas - Brasil, 35 anos
43 textos (2484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:46)
Patrícia Mess