Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AINDA NEM É NATAL


Meio desajeitado / cambaio / caio aos teus pés /
Miro tuas unhas polidas / como é bela a vida /
Veias desenham as fontes de irrigação /
Imagino como será teu coração...

Tornozelo com pulseira do Nosso Senhor do Bonfim /
Ai de mim / que te amo assim / rezando a ossos /
Tua batata da perna / exercitada / me excita /
Pêlos descoloridos com olhos de calor me fitam...

Joelhos de dobrar vontades / redondos / macios /
Por dentro me sobe um arrepio / insaciedade /
Todo principio de coxa / seja de qualquer moça /
Arrebenta com qualquer pudor / que calor...

Acima / onde a força do amor ensina o prender /
Mergulho meu submarino / ainda sou um menino /
Que o ar me falta às vezes / pareço morrer /
Ainda nem é Natal mas já escuto os sinos...

 
Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 11/11/2006
Reeditado em 11/11/2006
Código do texto: T288605

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6768 textos (102477 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:48)