Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As noites sem ti...(Publicado)

De repente cai a noite,
como sempre me amargura.
São as noites do meu pranto
longe de teu aconchego,
distante de tua ternura.
São as noites de saudade
das noites passadas contigo,
são as noites do meu canto
de lamentações por falta tua,
o meu mais severo castigo.

São noites impiedosas,
parecem nunca findar.
Quando busco as alvoradas
elas, de mim, fogem...
As alvoradas me deixam
ao terror da madrugada
numa espera dolorosa.

E a noite continua...
E o meu único sustento
é o amor que alimento,
o amor que conservaste em mim,
o amor que viverá por tempos e tempos,
um amor simplesmente puro,
um amor sem fim!
Lord Solrac
Enviado por Lord Solrac em 11/11/2006
Reeditado em 20/01/2007
Código do texto: T288615
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lord Solrac
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 27 anos
66 textos (30607 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:03)
Lord Solrac