Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espinhos

Como pode ser assim?
Se há muito eu não há via,
Se seu jeito de menina
e a inocência de uma flor
eram só lembraças minha
de um afeto que marcou?

Enfim, chegamos até aqui,
por caminhos diferentes
talvez loucos ou conscientes
sua presença tão ausente
foi marcante para mim!

E a flor voltou mais bela,
da inocência desabrochou,
seu perfume suavizou,
e para não ferirem suas pétalas
espinhos ela cultivou.

Mas seu beijo e seu abraço
não sei se irei provar;
com malícia de mulher
e carinho de menina
sei que não será tão fácil,
conseguir te conquistar!

Pois pra viver junto da flor
que possui muitos espinhos
só tratando-a com muito amor
e regando-a com carinho...


Cristiano
Enviado por Cristiano em 11/11/2006
Código do texto: T288772
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cristiano
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 42 anos
28 textos (1481 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:59)
Cristiano