Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR COVARDE

SOB OLHARES TRAIÇOEIROS
E SOBRE TRAVESSEIROS
AMORES PERDIDOS
AMOR COVARDE
RANCOROSOS
ODIOSOS
ESQUECIDOS
POR NÃO SABER CEDER
COMPARTILHAR
DIVIDIR
O BEIJO
A CAMA
O COBERTOR
QUANDO SERIA SUA DOR?
A DOR DA SOLIDÃO
OS LIVROS ESTÃO NO CHÃO
POR NÃO SEREM LIDOS
OS SEUS OLHOS
SEU CAMINHAR
SEU CARINHO
SEU BEIJO
SEUS DESEJOS
SUA ALMA É SECA
E SEMPRE FOI
POR NÃO ACREDITAR
EM QUEM ACREDITAVA EM VOCÊ
O QUE POSSO FAZER?
NADA
NADA NOS MARES
NOS RIOS
NOS AÇUDES
NAS PISCINAS
VAI NADANDO
QUE NÃO TERÁS MAIS O SEU SALVA-VIDAS
OU O SEU PORTO SEGURO
VOCÊ AFUNDOU TUDO
E QUEIMOU O QUE ERA SEU
ENTÃO
VIVA O QUE É TEU
Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 28/06/2005
Reeditado em 29/06/2005
Código do texto: T28925
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460324 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:05)
Milton Nunes Fillho