Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Foi assim que aconteceu

Agora eu sei
Fui tão imaturo e singelo na primeira vez
Em que você me disse que eu era belo

Vi um sonho em cada gesto teu desabrochar
E minha alma antes vazia viu-se incomodar
Com uma satisfação repentina e boa

Aqui ao meu lado você pedia
E eu ia como se quisesse ser seu pra sempre
Você ria...

Meu mar estava calmo
Minhas mãos estavam úmidas
Meu coração em chamas
Abria um azul nas retinas do mundo...

Suas idéias sempre tão coloridas
Preenchiam a minha tela
Seus desejos sempre tão criativos
Enlouqueciam-me por inteiro

E eu não te estudava
Deixava você conduzir as coisas
Onde eu cabia
Eu entrava
Aonde você ia - eu ia

A fonte era você
E eu nela alimentava
E depois Filosofar pra que
Se na vida todo amor um dia acaba...


ULISSES de ABREU
Enviado por ULISSES de ABREU em 12/11/2006
Código do texto: T289652

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome do autor e endereço para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ULISSES de ABREU
Viçosa - Minas Gerais - Brasil
608 textos (207325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:58)
ULISSES de ABREU