Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flor Viva

FLOR VIVA

 

Guida Linhares

 

 

Sou flor viva,

mas não te assustes!

Não tenho teias que prendam

buscadores da emoção.

 

A perfídia não mora

em minhas pétalas macias,

desvelo de Deus na criação!

 

Ainda que muda,

ofereço a beleza das cores!

Da insídia não trago a perdição!

 

Sou apenas uma orquídea,

instrumento divino de beleza,

colírio dos olhos, aquecer do coração!

 
Santos, SP, Brasil, 12/11/06

Poema inspirado em "La orquídea" de Cassiano Ricardo,
traduzido pelo amigo poeta Juan Martín.
 

***

LA ORQUÍDEA

 

Cassiano Ricardo

 

 

La orquídea parece

una flor viva, una

boca, y nos asusta.

Flor arácnida.

 

Vagamente humana,

boca, aunque formada

de inocentes pétalos,

ya entraña perfidia

 

Ya forja palabra

aunque muda.

Ya forja la insidia

 

¿Qué estará diciendo

el labio casi humano

de la orquídea?

 

 ***

 

A ORQUÍDEA

 

Cassiano Ricardo

 

Tradução: J. Martín

 

 

 

A orquídea parece

uma flor viva, uma

boca, e nos assusta.

Flor aracnídea.

 

Vagamente humana,

boca, embora feita

de inocentes pétalas,

já supõe perfídia

 

Já supõe palavra

embora muda.

Já supõe insidia.

 

Que estará dizendo

o lábio quase humano

da orquídea?

 

 

***
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 13/11/2006
Código do texto: T289806
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158354 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:36)
Guida Linhares

Site do Escritor