Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Idéias II

Estas minhas idéias melancólicas
Surgiram do céu estrelado
Pelo esvoaçar calmo da brisa.

Brotaram das noites enluaradas,
Onde o coração prisioneiro
Coloca agora oportunidades passadas.

Vieram-nas de temas
Pelo entendimento espalhado,
E em seguida junto à saudade.

Elevaram-se de planetas arrastados
Pelas águas, mausoléus ou espectros,
Da melodia, da frieza, das frases.

Precipitaram-se do entardecer tranqüilo,
Dos palcos da lua plana,
Em que a letargia acende branda o crasso.

Emana de episódios titubeantes,
Advindos da neblina,
Na era de destruição do Éden.

De algum cenário de bolhas,
Em que os duendes escorregam gelados,
Sem quaisquer outras pretensões.

De cáusticos e improfícuos tempos,
Com silhuetas deslumbradas
Por bel-prazer e fraqueza...

Foram as esculturas estáticas
Em volta da ebriedade do pomar,
Onde o brilho foi extinto.

Ou serão perpetrados do meu ser
Estas minhas idéias melancólicas
Que como peixes flutuam vagarosas
Num mar de eterno enfado.


R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 13/11/2006
Reeditado em 13/11/2006
Código do texto: T289851
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79546 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:59)
R J Cardoso