Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MATEMÁTICA DO AMOR

De paixão quase fiquei cega
Nada mais fazia sentido
Eu fugia de toda e qualquer regra
Tudo faria para ficar contigo

Não via que me perdia
Que dos amigos me afastava
Que de todos eu fugia
Achando que assim lhe agradava

Louca ilusão minha
Você também de mim escapava
E de repente me vi sozinha
Sem amigos, sem amor, sem nada...

Hoje eu entendo
Que amar não pode nos desestabilizar
E não de ninguém nos afastar
Pois quem ama deve somar
E aprender a dividir
As alegrias que conseguir
Sem jamais pensar em subtrair
Percebendo que a magia está em multiplicar
Porque pode até o amor acabar
Mas as amizades hão de ficar...

LoucaporPoesia
Enviado por LoucaporPoesia em 13/11/2006
Código do texto: T290472

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (LoucaporPoesia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LoucaporPoesia
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
524 textos (104801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:48)
LoucaporPoesia