Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Namoremos em nossa Amizade

Então a menina mais bonita
Me convidou para a abraçar
Eu disse que estava sujo de açúcar
Naquela hora não ia dar
Mas, pelos próprios braços
Que à minha cara sujei
Faço do teu corpo o mais puro
Quando chegar a minha vez
Eu não quis esperar você em casa
Eu não quis esperar você na porta
Nos desencontramos então
Será que a você importa o rombo no meu coração?

Então a menina mais bonita
Disse que eu não a podia amar
Fiquei triste,
E minhas lágrimas a me afogar
Subi então da sacada mais alta
Disposto a mergulhar
Onde nunca mais eu voltaria a amar
Onde meu corpo arderia
E a dor, ao meu amor faria calar
Mas, não quero sofrer de horror
Se for pra eu ficar calado
Que me cale de vez o teu beijo molhado

Então a menina mais bonita
Disse que não sabia se me amava
Eu olhava seu rosto
Seus olhos com ela disputava
Caia nos meus braços menina confusa
Então te faz agora de cega
Sou chuva que a essência do solo carrega
Venha me encantar com tua beleza
Que meu ciúme só quer que eu veja
Dá-me teu abraço e se eu falar demais
Cala-te também a boca e me beija...

Então, menina mais bonita
Do vinho só queres tinto
O que eu te dou na boca
E tua felicidade à minha alimenta
Como o dia cúmplice que venta
Levantando toda a sua roupa...
Como feliz é a natureza
A ver o que ela fez de mais lindo
O ser divino e mais gracioso
Nos braços dela sorrindo
Caiamos mar à eternidade
Namoremos em nossa amizade...

Então amor meu coração se regenerou
E nenhuma mágoa ficou aqui
A que havia não existe mais
Se foi com o sol, pelas serras, ali por trás
Como uma parábola aberta
Fazes fácil o meu sorriso, horizonte
És quem gosto de amar na praia, nos montes
Faz-me lembrar do meu futuro
Como se fosse ontem
Menina doce que me deixastes açucarada
Quero que estejas feliz, querida, amada.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 14/11/2006
Código do texto: T290741

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:34)
Andrié Silva