Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUIMERAS ...


 
       QUIMERAS ...
        Nídia Vargas Potsch



Cerro os olhos,
saboreio cada instante
que me é devido
por motivo especial.
Encadeando esforços,
talvez inutilmente,
na irresistível tentação
de gozar de suas carícias ...


Deitada neste gramado espesso
molhado pelo orvalho da madrugada,
ainda úmido pelas gotículas cristalinas
que mais parecem lágrimas,
confesso-me hipnotizada
e deixo-me embalar,
aproveitando neste instante
o irresistível prolongamento
de inconfessáveis desejos que,
o mais rapidamente possível,
preciso e devo concretizar ...


Nídia Vargas Potsch
@Mensageir@
Rio, 4/11/2006
 
 
Nídia Vargas Potsch
Enviado por Nídia Vargas Potsch em 14/11/2006
Código do texto: T290899
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nídia Vargas Potsch
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
293 textos (29624 leituras)
3 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:25)
Nídia Vargas Potsch