Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando te chamo de amor

Quando te chamo de amor
tu ficas tão feliz
é meu desejo que quis
chama - lá por onde for

Quando te chamo de amor
até meu corpo treme
garanto que até tu geme
sentindo o meu calor

Quando te chamo de amor
como que vejo uma luz
o teu corpo me conduz
para ser teu sedutor

Quando te chamo de amor
me abrindo em sentimento
em todo e qualquer momento
rastejo em ti sem pudor

Quando te chamo de amor
com carinho e ternura
em teu mel sinto frescura
me alimentando em teu sabor

Quando te chamo de amor
serás sempre minha amada
minha deusa iluminada
altar do meu esplendor

Quando te chamo de amor
todo meu corpo se inflama
sinto em ti a mesma chama
para um delírio e clamor

Quando te chamo de amor
revolvo os canteiros da mente
germino como semente
pra te ofertar coplas de flor.

Edegar SOARES
Enviado por Edegar SOARES em 14/11/2006
Código do texto: T291355

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edegar SOARES
Balneário Camboriú - Santa Catarina - Brasil, 58 anos
152 textos (22132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:36)
Edegar SOARES