Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




É de olhar no olhar
Que tudo começa:
Olhar de ante-gozo
Que no meu se busca.
Depois, pouco a pouco,
Tua mão avança,
Me roça da nuca
Até à cintura
E me envolve toda
Em mim se demora...
Contrita, me esquivo
Mas me quedo presa.
Quente, a tua boca
Derrete na minha.
Me lanço na entrega,
De mim tão perdida!
Teu cio me enleia,
O meu te procura.
Fluindo suspiros
Tudo se mistura:
O corpo e a alma.
Mamilos erectos,
Tua mão procura
A rosa orvalhada.
Na total entrega,
Te cinjo fremente
Desfazes-me a trança...
Retezados corpos
Nosso amor é dansa
Tremendo e gemendo
Nosso ser balança
Semi-conciente
Me sobe á garganta
o grito de fêmea
Que de si liberta
Te pertence agora.
Nossa paixão escuna
Vai no mar liberta
Envolta num' onda
De vaga loucura
Tempestade imensa
Que enfim se aduna
Na praia de espuma
Nós unos quedamos
Num céu de difusa
Névoa de bonança
Praia de ventura
Lassos nossos braços
Do a-mar a bonança


Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 14/11/2006
Reeditado em 14/11/2006
Código do texto: T291430
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 64 anos
1238 textos (130531 leituras)
60 áudios (14347 audições)
9 e-livros (5156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:46)
Maria Petronilho

Site do Escritor