Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA VOCÊ

És meu lindo sonho
Meu delírio bom de possuir.
Disperso, vejo nós dois nús,
A nos amarmos
Em qualquer um desses asteróides aí perdidos
Nesse ínfimo espaço sem graça.
Escuto o som da solidão abandonar meu corpo
Madrugada a fora.
Calejo meus pés ao tentar seguir os passos de tua felicidade.
Contraio os músculos lombares,
Franzo rispidamente a testa,
Louco de ciúme.
São tantos os males dessa vida minha preta...
São tantos os escudos para serem usados...
São tantos algozes...
São tantas almas desalmadas...
Mas somos bravos,
Não tememos forças tão vãs e tão vis.
Podem os outros pensar em acabar com a nossa festa,
Podem até usar de artimanhas,
Mais a vitrola que embala nosso sonho
Não cessará jamais suas canções.
Somos quem queremos ser,
Bem longe, bem soltos.
Somos dois antigos amantes,
Amando sorrisos bobos nas praças de uma cidadezinha qualquer.
Somos eu e você,
Somos nós,
Somos um.
Rodrigo Messias Cordeiro
Enviado por Rodrigo Messias Cordeiro em 15/11/2006
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T291702

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Por R. Messias Cordeiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Messias Cordeiro
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 33 anos
276 textos (13664 leituras)
9 áudios (1184 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:03)
Rodrigo Messias Cordeiro