Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silenciando


 
Silêncio... E a noite despontando no horizonte,
tudo pára, é calmo o sonho na alma do amante,
um sopro, uma brisa acalantando o corpo,
na espera do carinho que se faz constante...
 
 Silêncio no leito onde dorme o amor,
um corpo sóbrio, desprotegido,
total abandono onde a alma é só alma
na vida em repouso de amor contido...
 
Silêncio nas ruas aonde os passos vão longe,
corpos sós, escondidos nas sombras das esquinas,
um abraço tímido e novo amanhã em sol
nos olhos adormecidos do corpo caído sobre o lençol...
 
Silêncio... E na mente, novos pensamentos ensaiando amor,
um quarto e dois corpos nus que a boca faz beijar,
 dos poros o desejo líquido que faz brotar
no ardente tesão que no silêncio respira o corpo em torpor...
 
Silêncio... E no quarto, corpos descompostos,
sol e chuva desenhando a vidraça
a compor nova canção onde o ritmo é o amor
e o hoje destituído de toda e qualquer dor...
 
Silêncio...
E no abraço, amantes que só querem amar...
 
 
23/10/2006

Aisha
Enviado por Aisha em 16/11/2006
Código do texto: T293055
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35176 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:56)
Aisha