Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fim de paixão

Não foi caso pensado
Não posso negar
Nem articulado
Foi sem parar para olhar
Sem temer o agora
Sem um amanhã

Um mergulho fundo
Um vôo kamikaze
Pé na jaca e tudo
Surdo, cego e mudo
Coisa sem pecado
Ação sem perdão

Só agora, aos poucos,
Como enchente lenta
Que adia o tato e a compreensão
Como num pára-quedas que aproxima o chão
Paisagens perfeitas de perto em degradação
Um árido e cético sentimento invade
Vazio que tarde acorda o coração
Febre em baixa, retorno à pulsação,
 
Volta a vida de novo
Como de alguém normal que transita
Estranha sedução
Abrupta, esquisita,
Estúpida paixão.

Edbar
Enviado por Edbar em 17/11/2006
Reeditado em 28/11/2006
Código do texto: T293503
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
2870 textos (82786 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:51)
Edbar