Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM OLHAR PARA O CÉU



Sentado neste banquinho à beira-mar /
Escolho uma estrela e te dou / e dou um nome /
Estela / Estrella / Estreita fome de amar...

Me dá um sorriso / cheio de miúdas promessas /
Os pés sim / o coração não tem pressa /
Toco suas mãos e sei porque falo macio /
Tua presença é o calor que me mata de frio...

As ruas desertas / o vento agitando folhagem /
Um cão espera a manhã / o sol de novo nascer /
Não existo mais / teu amor é a única viagem /
Dentro da vida sinto / à vida pertencer...

Escolho uma luz cadente que atravessa o céu /
Faço um pedido / um demorado sentido / te amo /
Eu / que era só / das sensações tiro o véu...

Amanhã? / Não há amanhã quando o tempo para /
Nem lendas / nem teorias / nem sortilégios /
Quem ama sabe a eternidade suspensa e rara.




Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 17/11/2006
Código do texto: T294155

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6774 textos (102498 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:13)