Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE EU ESTIVESSE POR AÍ...

Certamente, encontraria o meu destino
Debulharia o milho e sovaria o pão
E aquele tempo que passei chorando
Me arrepender é fato
Ou talvez não

Colinas, somente na lembrança
E um sentimento forte e inconstante
Das minhas caminhadas de criança
Do gênio incontestável e ofegante

Austero, porém irreverente
E sou igual a toda a gente
Mas por uma lágrima
Protesto eternidade
Na sombra derradeira da realidade

Complicado sou, mas sou do mundo
E vivo minha vida e o que puder
E se alguém
Olhar meu corpo em poço fundo

Não seria diferente...
Talvez carente...
Se eu estivesse por aí!
 
O Guardião
Enviado por O Guardião em 18/11/2006
Código do texto: T294439
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34444 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:06)
O Guardião