Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEVANEIOS...

Se o teu sono dormente
Um dia viesse a me envolver
Quem sabe o que aconteceria
A essa pobre e desprovida mente

Se um pouco, talvez já me bastasse
E até quem sabe, saciasse
Talvez assim entenderia
Mas entender o que, de tão pobre magia

Percebes o quento me faz mal
O quanto me atormenta o coração
Acho que não sabes não
Daí meu julgo desigual

Vem, no desfavor da minha alma
E diz que me persegues por amor
Quem sabe assim, tormento ou calma
Consiga eu me desatar da dor
O Guardião
Enviado por O Guardião em 18/11/2006
Código do texto: T294447
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34437 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:58)
O Guardião

Site do Escritor